top of page

Internacionalização de Negócios com quem teve as dores de crescimento

Atualizado: 21 de mar. de 2023

Olá!

Quem é a autora responsável ?




A esta altura por certo que já te perguntaste quem é Maria Mônica de Oliveira e que autoridade tem nesta matéria...

Maria Mônica de Oliveira passou os últimos 5 anos da sua vida a estudar e aplicar tudo o que há para saber sobre Internacionalização de Negócios e o caminho do sucesso para levar o seu Portfólio cada vez mais longe.

Era uma vez uma mulher empreendedora que sempre teve uma paixão pela área de negócios e tecnologia ao longo da vida, e sua experiência e sabedoria são valiosas para seu sucesso. Desde muito jovem, sonhava viver no exterior e sabia que queria ser uma empresária de sucesso e se dedicou incansavelmente a desenvolver suas habilidades em gestão e inovação. Após muitos anos de experiência trabalhando com empresas de diferentes setores, H&M fundou sua própria empresa de consultoria empresarial, a H&M Consultoria Empresarial. Seu objetivo sempre foi de ajudar outras empresas a alcançar seu potencial máximo, oferecendo soluções sob medida para cada cliente. Em 1985 atuou com IA no Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ, nos Laboratórios do IBPI-Inst. Brasileiro de Pesquisa e na IBM do Brasil.

Ao longo dos anos, já como empresária da H&M desenvolveu uma ampla rede de contatos e colaborou em diversos projetos inovadores envolvendo empresas, instituições de pesquisa e governos. Coordenou o Projeto de Smart Grid da Eletrobras. Ela acreditava que a chave para o sucesso era trabalhar em conjunto, compartilhando conhecimentos e experiências para criar soluções que atendessem às necessidades de cada projeto.

Juntamente com a H&M, também fora credenciada em Inovação e Gestão do Conhecimento pelo Sebrae, e atuou como mentora em programas como InovativaBrasil, PGM Economia Criativa da Samsung, Rede Mentores do Brasil e dirigiu a rede do NEPIoT-Núcleo de Estudos e Projetos em IoT. Ela também desenvolveu Projetos de Cooperação Internacional para a Chamada IoT Pilot do Programa Europeu, apresentando a Plataforma INCOBRA 10 projetos, dos quais o Projeto Emegga foi escolhido pelas alianças europeias. Ao longo de sua jornada empreendedora, H&M desenvolveu um framework próprio para avaliação de estudo de impacto, que ajuda a ampliar a gestão estratégica e identificar novos diferenciais competitivos para as organizações. Ela acredita que a colaboração e a inovação são as chaves para o sucesso nos negócios e continua trabalhando incansavelmente para ajudar outras empresas a alcançarem seu potencial máximo.

Em 2017, junto com a decisão de internacionalização da H&M Consultoria Empresarial Ltda para Portugal, chega a oportunidade associada a última atividade advinda do Brasil e estendida à Portugal, de co-executar a Missão Tecnológica Brasil-Portugal MTech, juntamente com a Caravana Tecnológica percorrendo os ecossistemas de TICs em Portugal, de Lisboa até Porto, verificando o esforço de Portugal com programas de apoio ao empreendedorismo e às vocações tecnológicas em ascensão. Essa vivência me permitiu, de maneira acelerada, ao passar pelas Cidades de Lisboa, Coimbra, Ílhavo/Aveiro e Braga, Guimarães/Porto, inclusas a experiência de participar do Web Summit 2017 Tech Women, me direcionou para ações continuadas de procurement para o estabelecimento de projetos conjuntos de tecnologia entre esses países a partir deste projeto.

Após participar do Web Summit 2017 Tech Women e da missão, culminou no interesse de várias empresas em que mantivéssemos negócios com destino Portugal-Brasil, confirmando essa tendência na concepção desse modelo de negócio internacionalizado. Em destaque, uma de nossas empresas parceiras de desenvolvimento, demonstrou o acionamento de um drone em Santa Catarina, no Brasil, através de sua plataforma de IoD. Além da análise territorial e do levantamento de influenciadores neste mercado, temos resultado na forma de expandir nossos canais para os mercados nos Latam, EUA e eurásia; para além dos arranjos produtivos e ecossistemas locais.

Essa experiência destacou a importância do processo de internacionalização, bem como a de preparação dos empresários para este tipo de jornada. Após esta experiência em 2017, a empresária decidiu expandir sua empresa para Portugal, mantendo a atuação no Brasil, a fim de estabelecer alianças mercantis e viabilizar transferências tecnológicas. Esta decisão levou ao lançamento da Kipseli Data Experience, uma empresa que atua como Data-Broker e representa parceiros tecnológicos do Brasil e EUA em Portugal. Com a Kipseli, promove a Rede Kipseli como Hub de Negócios Globais, com foco em Data-Driven Innovation, LGPD/GPDR Radar e PGM de Encadeamento Produtivo de Energias Sustentáveis. Ela também iniciou Roadshows para escalar plantas de Solar Farm em Rondonia-Brasil, dentro do Programa de Energias sustentáveis da Kipseli Data eXperience, e para o Lançamento da Política do H2 em Portugal através da Comunidade do H2 Global Cluster.


A verdade é que conheci uma mulher incrível chamada Maria. Foi curioso conhecer sua história. Ela é uma empreendedora experiente e bem-sucedida, que sempre teve paixão por negócios e tecnologia desde jovem, mesmo sendo considerada improvável de realizar sonhos tão fora da sua realidade. Com uma mente jovem e uma sabedoria adquirida por meio de suas experiências, Maria é uma pessoa inspiradora e respeitável. Ela sempre se dedicou com entusiasmo a seus negócios e se destacou no mercado com sua visão empreendedora. Além disso, ela também é muito generosa com seu tempo e conhecimento, sempre disposta a ajudar outros empresários em seu caminho para o sucesso. Sem dúvida, Maria é um modelo a ser seguido no mundo dos negócios. Recentemente lançou o E-BOOK: 7 Pilares de Riscos da Internacionalização. Seu objetivo é ajudar empresários, investidores, institutos de pesquisa, agências governamentais e empresas / indústrias afins a alcançarem novos mercados, novos investimentos, novos negócios; a desenvolverem inovação, tecnologias, alianças e inteligência de mercado. Sem esta informação, é provável que vás perder muito tempo/dinheiro com Barreiras de Entrada a novos mercados, conexões globais voláteis/digitais e acesso a Capital para tentares alcançar os fundamentos para a alavancagem ideal do negócio globalmente e para a estratégia específica de crescimento e podes até mesmo nem conseguir... ​ Com esta informação, ganhas um atalho e não vais precisar de desperdiçar tempo ou dinheiro para Validar suas Estratégias de Internacionalização no mercado global! Aproveite! Já podes ter uma ideia do que esperar nos próximos posts do blog.



Deixe um comentário sobre esta história e sobre o que achou.

Compre já seu E-Book e Inscreva-se.

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page